Política

Protesto de Esquerda e a Reação Policial

Relato de uma típica detenção em protestos.

Hoje eu acordei por volta de meio-dia e chequei meu celular. No meio de inúmeras mensagens e alertas do Facebook, havia uma mensagem num grupo de advogados de Direitos Humanos avisando que 2 manifestantes haviam acabado de ser presos e levados para a 5ª DP (Lapa). Como eu moro relativamente perto desta delegacia, me ofereci para ir lá acompanhar os detidos. Me arrumei em tempo recorde, comprei café da manhã para comer no táxi e rumei para a delegacia.

Ao chegar na DP, encontrei os 2 manifestantes detidos, João Abel e Felipe, ambos ligados ao movimento Ocupa Minc, e soube o que de fato aconteceu. Ao chegarem para o protesto Grito dos Excluídos, passaram por uma barreira policial e foram parados. Os PMs pediram para que eles abrissem suas mochilas para averiguação e ambos se recusaram nem deixaram que os PMs abrissem (no que estavam certíssimos). Assim, sob o argumento de terem cometido desobediência civil, foram levados para a delegacia. Lá, o inspetor tomou o depoimento de todos os envolvidos (manifestantes e policiais) e o caso será enviado para o Jecrim apenas com a acusação de desobediência civil.

Para quem nunca foi num protesto da esquerda e só acredita na violência final dos protestos cometida pela polícia usando o argumento de que os manifestantes provocaram tal violência (porque é só isso que sai na mídia tradicional), o ocorrido hoje é a típica detenção em protestos. Os crimes mais alegados sempre foram “desobediência civil” ou “desacato”, muitas vezes pelo simples fato que os manifestantes não deixam a PM abrir suas mochilas (o que é um direito deles).

A realidade das manifestações é bem diferente do que as pessoas de fora imaginam. Sugiro aos críticos irem numa delas, ficarão surpresos.

PS: Antes que perguntem, não havia nada demais na mochila dos manifestantes nem motivo suspeito para eles serem revistados. A escolha deles foi completamente aleatória.

Texto: Natasha Zandorosny (Tradutora e Advogada)

Imagem ilustrativa: Danilo Verpa (14.jan.2016 – Policiais militares revistam mochila de jovem antes de manifestação convocada)

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+ Vistos

O Mariachi é um coletivo anarquista de midiativismo, fundamentado no princípio da liberdade individual e na busca pela emancipação coletiva.

Copyleft © 2013 - 2017 Direitos autorais é o caralho!

To Top